Na última quarta feira, 14/08, foi iniciada uma ação conjunta entre a Divisão de Fiscalização de Obras da Prefeitura Municipal de Peruíbe e o Crea-SP com o intuito de fiscalizar construções irregulares naquela cidade do litoral paulista.

A ideia da ação surgiu a partir de demandas trazidas pela Comissão Auxiliar de Fiscalização - CAF local e pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Peruíbe que, por meio de sua presidente, Eng. Wanessa Almeida Valente de Matos, viabilizou a aproximação com a divisão de obras da prefeitura local.

O objetivo principal da fiscalização conjunta será identificar obras irregulares/clandestinas e possibilitar que, em um mesmo momento, cada um dos órgãos envolvidos adote as providências cabíveis.

Antecedendo o início dos trabalhos, as equipes de fiscalização da Prefeitura e do Crea-SP, junto com a Presidente da Associação local, reuniram-se no gabinete do prefeito em exercício, Eng. André Luiz de Paula, que agradeceu a iniciativa e destacou a importância da integração do trabalho dos dois órgãos.

Durante o desenvolvimento dos trabalhos, as equipes de fiscalização foram divididas em “duplas mistas” compostas por um agente fiscal do Crea-SP e um fiscal de obras da prefeitura local. Já no primeiro dia de trabalhos foram efetuadas notificações por parte do Crea-SP e alguns embargos de obras pelos agentes da prefeitura.

O município de Peruíbe está situado na 4ª Região Administrativa do Crea-SP (GRE-4), que tem como sedes os municípios de Santos e Registro. A ação de fiscalização vai até esta sexta feira, 16, e se estenderá a toda a GRE-4, conforme as demandas trazidas pelas CAFs e entidades de classe locais, em trabalho conjunto com as respectivas prefeituras municipais.